Foto: Luísa Richter.

Devido à dimensão que o Mormo vem tomando no Estado de Santa Catarina, aliada a ocorrência de um foco em Ponte Alta, município pertencente a regional de Lages, as médicas veterinárias Luísa Richter e Cristina Perito Cardoso sentiram a necessidade de maiores esclarecimentos sobre a enfermidade após atenderem ao foco e propriedades vinculadas, buscando para tanto a colaboração de instituições e profissionais na região e apoio da gerência e coordenação.

Assim, no dia 25 de junho, foi realizada na ADR de Lages uma palestra sobre Mormo, ministrada pelo Dr. Álvaro Menin, professor da UFSC – Campus Curitibanos/SC, com o intuito de elucidar dúvidas e aprofundar os conhecimentos, principalmente no que diz respeito aos exames utilizados para seu diagnóstico.

O evento teve ainda a participação da coordenadora do Programa Nacional de Sanidade dos Equídeos, Eleanora Schmitt Machado, que fez a apresentação da situação atual da doença e sua distribuição nas diferentes regiões do Estado. Foram apontadas propriedades foco, vínculo, com suspeitas clínicas por sintomatologia ou após exame positivo realizado para trânsito, bem como as diferentes ações tomadas, as dificuldades encontradas e o desenrolar de cada caso.

O público presente, composto pelo corpo técnico de médicos veterinários da Cidasc e Icasa, juntamente com profissionais autônomos habilitados para coleta de material para diagnóstico de mormo, foi agraciado com uma ótima explanação sobre o tema, gerando grande interação do grupo, com troca de experiências e agregação de conhecimentos.

Fonte: Luísa Richter, Méd, Vet. UVL de Ponte Alta

Cristina Perito Cardoso, Méd, Vet. UVL de Correia Pinto